Segunda-feira, 12 de Maio de 2008

Infantilidades e preservativos

Hoje o diário “Correio da Manhã” brindou-nos com uma notícia que me deixou preocupado.

No âmbito de uma acção de prevenção na área do Planeamento Familiar numa escola de Almancil foram distribuídos preservativos a crianças de onze e doze anos.

Pode ler-se na notícia que “O Centro de Saúde local enviou à escola uma enfermeira, com o consentimento do Conselho Executivo, para uma acção de formação sumária, efectuada em breves minutos nas várias salas de aula, e que terminou com a entrega a cada um dos alunos de um conjunto de três preservativos….”

Na mesma notícia o responsável do movimento “Algarve pela Vida” mostrou-se chocado com o facto de os pais só terem sabido da acção, quando, ao chegarem à escola, viram os filhos a brincar com os preservativos transformando-os em balões e em luvas, afirmando que a escola pede autorização aos pais para fazer rastreios à obesidade infantil mas distribui preservativos completamente à revelia destes.

Esta situação vem trazer, a meu ver, para a ordem do dia a problemática da Educação Sexual nas Escolas.

É um assunto de enorme complexidade para ser tratado à pressa, como parece que foi o caso “breves minutos nas várias salas de aula”; abordar a sexualidade tem obrigatoriamente que se fazer de uma forma inter e multidisciplinar, com o envolvimento desde a primeira hora dos pais e dos seus representantes. Por melhor preparado que esteja o médico, o enfermeiro, o professor de Ciências, ou outro qualquer profissional jamais fará, só por si, um bom trabalho; penso até que serão maiores os malefícios que os benefícios.

Jamais se poderá abordar a sexualidade de forma eficaz e benéfica para o futuro das crianças se afastarmos a abordagem da afectividade, da emotividade, dos valores, das tradições, dos usos, dos costumes, do ambiente de cada escola.

A intimidade (a sexualidade é sempre íntima) é incompatível com ligeireza.

O amigo, que partilha comigo este espaço, não acha que estes preservativos infantis foram uma infantilidade de quem decidiu a distribuição?

 

publicado por José António Almeida às 21:49

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30

.posts recentes

. Mentes brilhantes

. Os Novos Heróis de Mação ...

. Depressões degradantes...

. Não vai ser fácil substit...

. Infantilidades e brindes

. Infantilidades e preserva...

. Privilégios e Diferenças....

. Tem a palavra Srª Deputad...

. A solidariedade ainda é o...

. CEM MIL PROFESSORES A PED...

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds